Calor? Que nada!

Edilson De Souza - 27/03/2012 às 12h21min

Pior que ser derrotado pelo time do Arapongas, no último domingo, foi o futebol apresentado pelo Coritiba, o qual classifiquei como melancólico. Por mais que os jogadores tenham creditado ao calor os seus baixos rendimentos, o que ficou patenteado foi mesmo a falta de qualidade.

Até prefiro que seja isso, que realmente alguns jogadores não conseguiram desempenhar todo o seu futebol. É preferível que falte qualidade a dizer que faltou vontade. Pois, não posso aceitar que um jogador que esteja jogando em um clube do tamanho do Coritiba não jogue com vontade.

Mas, paira no ar uma pergunta que não quer calar: o que estaria acontecendo com o time do Coritiba, por que caiu tanto de rendimento? Olha só, o futebol é uma profissão diferente de todas as outras e como tal deve ser observada. Os profissionais que nela atuam têm necessidades e atitudes que para os demais parecem inexplicáveis e inaceitáveis.

Existem alguns motivos que fazem cair o rendimento de um grupo de trabalho. Por exemplo, creio que não seja o caso em questão, a diretoria desmentiu essa possibilidade, mas salários atrasados diminuem a vontade de correr.

Outra coisa comum é a formação de grupinhos. São as conhecidas “igrejinhas”, formadas por vaidade, por busca de espaço por liderança, as quais derrubam qualquer tipo de projeto, inclusive treinador. Isso ocorre, muitas das vezes pela disparidade de salários pagos para os atletas. Aliás, esse tipo de indisposição interna não deveria haver, pois, cada um ganha o que entende merecer e se encontrar quem pague, está tudo certo.

Quero dizer que a situação Coritiba, neste momento, é muito complexa. Mesmo com uma vitória, amanhã, no Couto Pereira, contra o Londrina, o time pode ficar fora da festa final. Outro resultado que seja a vitória, havendo uma combinação de resultados tira completamente a chance do Coritiba de lutar pelo título do campeonato.

Então, enquanto há tempo, seria muito legal que alguém descobrisse o motivo da queda técnica do Coritiba. Afinal, nem o mais incrédulo dos torcedores esperava um time tão diferente daquele que vimos no ano passado, mesmo com todas as mudanças realizadas e reposições inadequadas.


O conteúdo dessa coluna é de responsabilidade exclusiva do autor e não expressa necessariamente a opinião dos integrantes do site FutebolParanaense.net


divulgue o futebolparanaense.net facebook twitter Promova no orkut Compartilhe
Google+ FACEBOOK TWITTERRSS