Você está em: Página Inicial >> Noticias >> Coritiba

O Coritiba volta a Série A com vitória sobre o Duque de Caxias

O Coritiba volta a Série A com vitória sobre o Duque de Caxias - Foto: Geraldo Bubniak - arquivo
Foto: Geraldo Bubniak - arquivo

Após 338 dias no estádio São Januário, o Coritiba venceu o Duque de Caxias por 3 a 2 e comemorou o retorno a elite do futebol brasileiro. Com o resultado o clube esta matematicamente classificado para disputar o Brasileirão 2011 na Série A. Com 67 pontos o time paranaense não pode ser alcançado pelo quinto colocado.

A noite começou com muito alegria para a torcida alviverde, Léo Gago no primeiro minuto, cobrou falta forte a bola bateu na trave, nas costas do goleiro e entrou, o Coritiba abriu o placar no primeiro chute a gol. O Duque de Caxias que não tinha mais ambição no campeonato foi para cima do time do Paraná e chegou a acertar a trave de Edson Bastos com Lenilson. O Coxa aproveitou os contra-ataques para explorar a velocidade de seus atacantes. Aos 20 min, Enrico chuta na trave, na volta, o meia chuta de primeira no canto direito do goleiro para fazer o segundo. Aos 32min, no cruzamento da direita Somália sobe mais alto que a defesa alviverde para descontar. Quando o Coxa administrava o placar o Duque pôs ritmo no jogo.

No segundo tempo o jogo ficou mais equilibrado, com lances perigosos dos dois lados. O Coritiba abriu a defesa em busca da garantia do acesso. E aos 40 min, Paulo Rodrigues levanta na área, Frontini sobe de cabeça e empata o jogo. Para aumentar a ansiedade do torcedor o empate não garantia o acesso. Mas aos 44min, Tcheco faz linda jogada e só rola para Marcos Aurélio, que encobre o goleiro Lopes e garante os três e a confirmação retorno.

A conquista do Coritiba tornou-se inigualável graças a pena imposta pelo STJD, após os fatos lamentáveis que aconteceram após a queda em 06/12, quando parte da torcida invadiu o gramado do Couto Pereira e promoveu cenas de barbárie. O elenco alviverde jogou todo o primeiro turno e mais uma partida do segundo turno da competição em território neutro, mesmo jogando em Joinville, como visitante a maior parte da disputa, os comandados de Ney Franco conquistaram com três rodadas de antecedência a meta do ano. Mesmo com a conquista do Paranaense 2010, a torcida não engolia o rebaixamento e queria o retorno do time ao cenário nacional. Agora o torcedor retira o nó da garganta e pode voltar a sorrir. O estado do Paraná volta a ter dois clubes na primeira divisão.

O futebolparanaense.net resgatou as palavras do comandante do Coritiba após a queda, Ney Franco sintetizou o sentimento de muitos e reais torcedores em poucas palavras que ficam registradas no dia festivo de retorno: "É uma derrota pessoal. Coletiva do clube, dos jogadores. O meu nome está cravado nessa situação e vamos ter que ter tranquilidade para seguir nossa carreira. Já passamos por situações frustrantes, mas você não pode parar a vida. Esperamos que nas férias saibamos digerir isso. Tem que planejar a volta do Coritiba para a Série A em 2010".

O Coxa agora luta para conquistar ser bicampeão, no sábado a festa promete ser grande contra o Figueirense dentro do Estádio Couto Pereira. O time catarinense também esta próximo do acesso que venceu o América/RN nesta terça-feira(9) e disputa o título com o alviverde em confronto direto, mas com vantagem paranaense.

 Ouça os gols do Coxa no Duque de Caxias da Banda B
 Classificação da Série B
 Escute os gols da Radio Difusora Curitiba
 Escute os gols do jogo pela Transamérica

FICHA TÉCNICA
DUQUE DE CAXIAS 2 x 3 CORITIBA


Local: Estádio de São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 09 de novembro de 2010, terça-feira
Horário: 21 horas (de Brasília)
Árbitro: Sandro Meira Ricci (DF)
Assistentes: Jose Reinaldo do Nascimento Jr. (DF) e Vanderson Antonio Zanotti (ES)

Cartões amarelos: Juninho e André Luis (Duque de Caxias); Lucas Mendes, Leandro Donizete e Edson Bastos (Coritiba)

Gols: DUQUE DE CAXIAS: Somália, aos 32 minutos do primeiro tempo, e Frontini, aos 41 minutos do segundo tempo
CORITIBA: Léo Gago, a 1 minuto, e Enrico, aos 21 minutos do primeiro tempo; Marcos Aurélio, aos 44 minutos do segundo tempo

DUQUE DE CAXIAS: Lopes; Amaral, Gustavo, Edson e Paulo Rodrigues; Xaves (Frontini), Mancuso, André Luis (Danilo Rios) e Leandro Chaves; Lenílson (Juninho) e Somália
Técnico: Gilson Kleina

CORITIBA: Edson Bastos; Ângelo, Jeci, Cleiton e Lucas Mendes (Dudu); Leandro Donizete, Léo Gago, Enrico (William), Rafinha (Tcheco); Marcos Aurélio e Leonardo
Técnico: Ney Franco


divulgue o futebolparanaense.net facebook twitter Compartilhe



Enquete

O Coritiba acertou em renovar com o técnico Carpegiani?
Sim
Não



Total de votos: 874

Ver resultados parciais

Coloque as noticias do futebolparanaense.net no seu blog
Google+ FACEBOOK TWITTERRSS