Você está em: Página Inicial >> Noticias >> Coritiba

Zagueiro Pereira será julgado nesta quarta pelo STJD

Zagueiro Pereira será julgado nesta quarta pelo STJD - Foto: Geraldo Bubniak - arquivo
Foto: Geraldo Bubniak - arquivo

Na noite desta quarta-feira, 15, o zagueiro alviverde Pereira será julgado no Superior Tribunal de Justiça Desportiva - STJD, no Rio de Janeiro. O atleta foi expulso na partida contra o Palmeiras, no dia 19 de julho. Na ocasião, o atleta recebeu o segundo cartão amarelo já nos últimos minutos da disputa.

Pereira será defendido pelo advogado Itamar Côrtes, da Scopo Sports, e, possivelmente, deverá prestar seu depoimento na sessão. "Vamos defendê-lo da melhor maneira possível, mas assim como no julgamento anterior, temos a preocupação por ele ser reincidente. De qualquer forma, devemos contar com a presença do atleta para explicar melhor o ocorrido", contou Côrtes.

O julgamento ao qual o advogado se refere aconteceu na semana passada, quando Pereira foi julgado por expulsão na final da Copa do Brasil. Mas na ocasião, o advogado Itamar Côrtes conquistou um bom resultado, pois o atleta foi apenas advertido.

Pereira foi denunciado com base no artigo 254, que diz respeito a prática de jogada violenta. A pena para este artigo varia entre uma e seis partidas.

Ayrton
O Alviverde verá outro atleta denunciado: o lateral Ayrton. O julgamento do jogador, expulso contra o Fluminense, será um dia depois, na quinta-feira, 16.

Defendido pelo advogado Itamar Côrtes, da Scopo Sports, Ayrton foi denunciado no artigo 250 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, por "ato desleal ou hostil". Em caso de punição, a pena é de um a três jogos de suspensão. "Vamos procurar mostrar que o lance não trouxe consequências ao adversário e esperamos um bom resultado", avaliou Côrtes.

Coritiba julgado
Na mesma sessão, o Coritiba será julgado pelos atrasos contra Grêmio e Fluminense, em jogos no Couto Pereira. O clube foi denunciado no artigo 206, sobre "dar causa ao atraso do início ou reinício da partida". A pena, em caso de punição, varia entre R$ 100 e R$ 1 mil por minuto.

Backstage Comunicação


divulgue o futebolparanaense.net facebook twitter Compartilhe



Enquete

O Coritiba acertou em renovar com o técnico Carpegiani?
Sim
Não



Total de votos: 938

Ver resultados parciais

Coloque as noticias do futebolparanaense.net no seu blog
Google+ FACEBOOK TWITTERRSS