Você está em: Página Inicial >> Noticias >> Cascavel

Cascavel tem caminho traçado, mas nenhum rumo definido

Cascavel tem caminho traçado, mas nenhum rumo definido -

Uma semana depois de ter o nome de Sidinei Vilacca confirmado como presidente do CCR (Cascavel Clube Recreativo) para o biênio 2013/2014, os dias seguem de intensa movimentação na diretoria executiva da Serpente. Após definir os nomes que comporão os cargos de diretores e viver a expectativa de permanecer na Segundona por decisão do Superior Tribunal de Justiça Desportiva, os dirigentes esperam agora o arbitral da Segunda Divisão do Campeonato Paranaense de Futebol, marcado para a próxima semana, para saber o rumo das decisões a serem tomadas. Assim, o Tricolor vive “passo a passo”, segundo Cidão, como é conhecido o presidente da equipe.

“Já temos um caminho traçado, mas nenhum rumo definido. Em um primeiro momento nos preocupamos em montar a diretoria, que nos ajudará nos passos seguintes. Com todos os dirigentes, discutiremos se firmaremos parcerias com alguma equipe já montada para representar a equipe em uma categoria de base, pois isso é obrigatório para o time que quer disputar um campeonato profissional, é uma norma da Federação Paranaense. Quanto ao time principal, ainda estamos no aguardo da realização do arbitral da Segundona, pois não sabemos quantas equipes participarão da competição. Há especulação sobre a desistência de alguns times, já ouvimos histórias de que poderá haver convites ou uma Segunda Divisão com os times da Terceira. É uma incógnita. Então as decisões têm de ser passo a passo. Não podemos pensar lá na frente”, diz Villaca, que não vê a presidência do CCR como uma “bomba” que caiu em seu colo, nesse caso haveria a possibilidade de ele correr. Cidão prefere ver a assunto como um desafio.

Já o vice-presidente do Cascavel CR, Nilvado Missio, vê seus nomes na diretoria como um processo natural. “O Sidinei sempre foi atuante e fez parte da diretoria de Jair Bordignon. Já eu estive presente nas duas últimas diretorias. Então foi um processo natural até formarmos essa diretoria. Na ânsia de se definir um presidente para o CCR tínhamos de buscar um nome de dentro do grupo que estava sempre nas reuniões e nesse sentido o Cidão se credenciava diretamente, pois sempre foi interessado, tanto que chegou a colocar seu nome como candidato ao conselho deliberativo. Mas como sentimos que não sairia interessado em assumir a presidência, ele foi apontado para o cargo. Ele não impôs seu nome”, diz.

Certo como os nomes de Sidinei e de Nivaldo é que o CCR está na Terceira Divisão do Paranaense de Futebol. E é com essa certeza que os dirigentes têm de trabalhar no sentido de reerguer a equipe. Pelo menos até o próximo passo, que pode se um grande salto e vir nesta semana.

Fonte Jornal Hoje


divulgue o futebolparanaense.net facebook twitter Compartilhe



Enquete

O Coritiba acertou em renovar com o técnico Carpegiani?
Sim
Não



Total de votos: 928

Ver resultados parciais

Coloque as noticias do futebolparanaense.net no seu blog
Google+ FACEBOOK TWITTERRSS