Você está em: Página Inicial >> Noticias >> Atletico

Atlético-PR confirma zagueiro Christián Vilches

Atlético-PR confirma zagueiro Christián Vilches - Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A melhor defesa do Campeonato Brasileiro (três gols sofridos em seis jogos) passa a contar com mais um reforço para a sequência da temporada. Aos 31 anos de idade, o zagueiro chileno Christián Vilches agora é jogador do Atlético Paranaense. Depois de exibições que renderam ao defensor um título nacional no Chile e passagens pela Seleção Nacional, ele chega ao futebol brasileiro com o objetivo de seguir com a evolução na carreira. Meta que inclui voltar a defender o selecionado andino e que passa em ajudar o Rubro-Negro a seguir como uma das melhores equipes do Brasil.

"Vir ao Atlético Paranaense é um passo muito importante para a minha carreira", afirma Vilches, que aguarda a abertura da janela internacional para ser regularizado. "Atuar no Brasil era um desafio pessoal que eu tinha. Joguei durante quatro anos em uma equipe grande do futebol chileno que é o Colo-Colo. Acredito que era o momento ideal de sair para jogar em uma competição de um nível maior, aqui no Brasil. Atuar no futebol daqui é algo que me deixa muito orgulhoso, ainda mais nesta instituição maravilhosa que agora vou poder defender. Pelo que vi aqui, fiquei fascinado com toda a estrutura e grandeza que o Atlético possui", acrescenta.

Natural da capital Santiago, Vilches começou como profissional em 2003 no Deportes Quilicura, clube da região. Na temporada seguinte, já alcançava as principais equipes do país andino. Passou por Palestino (2004 a 2005 e 2006 a 2008), Unión la Calera (2005) e Audax Italiano (2009 a 2011) antes de chegar ao tradicional Colo-Colo, onde permaneceu até o início de 2015. Com os "caciques", chegou à Seleção Chilena pela primeira vez em agosto de 2011. Em quatro convocações pela "La Roja", disputou um amistoso e compôs o elenco que disputou as Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2014, no Brasil. Com o Colo-Colo, foi ainda campeão chileno (Torneio Clausura) em 2014, além de disputar a Copa Libertadores de 2015.

"Sou um atleta que geralmente gosta de poder sair para o jogo. Acho que também tenho um jogo aéreo muito bom", aponta o zagueiro. "Creio que este futebol (que se joga no Brasil) é espetacular, em que qualquer um pode jogar. Espero estar à altura do que me for exigido. É óbvio que adoraria um dia voltar a defender a Seleção Chilena. Por isso, se a nossa equipe seguir assim, nos primeiros lugares, creio que seria de muita utilidade para mim. Quero contribuir para isso e estar aqui para ajudar. O mais importante é que o clube esteja o mais alto possível (na tabela), algo que os meus companheiros já têm alcançado (neste Campeonato Brasileiro)", encerra.

Fonte Assessoria de Imprensa


divulgue o futebolparanaense.net facebook twitter Compartilhe



Enquete

O Coritiba acertou em renovar com o técnico Carpegiani?
Sim
Não



Total de votos: 916

Ver resultados parciais

Coloque as noticias do futebolparanaense.net no seu blog
Google+ FACEBOOK TWITTERRSS