Você está em: Página Inicial >> Noticias >> Portuguesa

Com jogadores experientes, Lusinha vem forte em 2016

Com jogadores experientes, Lusinha vem forte em 2016 - Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Primeira equipe a se apresentar para a disputa da Divisão de Acesso em 2016, a Associação Portuguesa Londrinense completou um mês de treinamentos para a competição. Após conquistar o acesso em 2014, ser eliminado pelo Paranavaí nas quartas esse ano e não fazer uma boa campanha na Taça FPF Sub-23 também nesse ano, ficando com a última colocação, a Lusinha planeja fazer uma boa campanha no próximo ano e para isso vai contar com jogadores experientes, diferentemente do que aconteceu nos últimos campeonatos. Do elenco que disputou as competições este ano, grande parte foram mantidos e outros acabaram sendo negociados, por isso a diretoria agiu rápido e trouxe nomes experientes que podem equilibrar e bem as perdas sofridas.

Na última terça-feira (15), a Federação Paranaense de Futebol confirmou a tabela de jogos para o torneio e a Lusinha estreia em casa, no dia 27/02 (sábado), contra a tradicional equipe do Cianorte. Ao todo, serão quatro jogos em casa (Cianorte, Andraus, Grêmio Araponguense e Prudentópolis) e quatro fora (Cascavel, Grêmio Maringá, Cambé e Paranavaí), folgando na segunda rodada. Para a temporada de 2016, a Lusinha pode voltar a disputar jogos no estádio mais charmoso da cidade, quando ele também poderá voltar a ativa, após a troca completa do gramado: com as reformas no Estádio do Café, o Estádio Vitorino Gonçalves Dias, na região central da cidade, poderá receber as partidas do Londrina Esporte Clube e da Portuguesinha provavelmente a partir de Fevereiro.

Sobre a tabela, o técnico Walbert Martins, o Knário, afirmou que logística e financeiramente acabou sendo muito bom, devido as distâncias que seriam percorridas, mas com relação ao desfecho, o comandante se mostrou insatisfeito: "Obviamente que jogar contra adversários fortes em casa e que geograficamente são distantes de Londrina é bom, principalmente pelas despesas que que não teremos. Mas como essa competição será novamente muito equilibrada, isso pode não ser um diferencial. Mas novamente no final da Primeira Fase teremos que decidir fora de casa, como se já não bastasse todas as dificuldades que temos no dia a dia. Esse ano já tivemos que decidir a nossa classificação na Segundona fora de casa contra o Toledo e no ano passado, na Terceira Divisão, tivemos que pegar o Cascavel também fora de casa. Temos que lutar contra tudo e contra todos.".

Ao todo, dez reforços devem ser contratados para a Divisão de Acesso; Laterais são as carências do elenco
Com relação aos reforços para a competição, nomes conhecidos retornam ao clube para a disputa da Divisão de Acesso. Dois deles jogaram a competição esse ano, casos do meia-atacante Everton Totó (30) e do atacante Sato (25), com passagens pelo Grêmio, Caxias e futebol japonês. Na lista de repatriados, dois atletas que atuaram juntos em 2007 estão de volta a Lusinha: goleiro Braz (33) e do atacante Dimas Braz (28), que passou pelo futebol da Guatemala e da Romênia, retornam mais experientes e querem buscar conquistar marcantes para a equipe. Também repatriado, o zagueiro londrinense Bruno Alemão (25), que conquistou o acesso em 2014, irá compor o time londrinense na disputa do estadual.

Dos novos contratados, um já treina com o restante do elenco e o outro deve ser apresentado apenas no início do próximo ano: atacante Dudu (35), com passagens pelo Londrina e futebol guatemalteco, já treina e vem se readaptando, já que no primeiro semestre disputou a Chave Bronze pelo Cambé Futsal. Possível reforço, o experiente meia Rilber, 28 anos, é o principal nome da lista. Com passagens pelo Paranavaí, Operário de Ponta Grossa, Foz do Iguaçu e Rio Branco (AC), o atleta deve se apresentar apenas em 2016, quando a equipe começa a ganhar forma para a competição. Além deles, o atacante Paulista, que também conquistou o acesso em 2014, negocia com a diretoria e deve chegar nos próximos dias. Com os remanescentes e os repatriados, a diretoria juntamente com a comissão técnica buscam ao menos mais duas peças, uma para cada lateral, mas as tratativas estão complicadas e o a improvisação ou mudança no esquema tático não está descartado.

Fonte : Assessoria de Imprensa - Rafael Ribeiro Pantano


divulgue o futebolparanaense.net facebook twitter Compartilhe



Enquete

O Coritiba acertou em renovar com o técnico Carpegiani?
Sim
Não



Total de votos: 938

Ver resultados parciais

Coloque as noticias do futebolparanaense.net no seu blog
Google+ FACEBOOK TWITTERRSS