Você está em: Página Inicial >> Noticias >> Roma

Roma Apucarana completou 10 anos do seu principal título

Roma Apucarana completou 10 anos do seu principal título - Foto: Sergio Rodrigo/ Tribuna do Norte
Foto: Sergio Rodrigo/ Tribuna do Norte

Licenciado junto a Federação Paranaense de Futebol desde 2014 e com o futuro indefinido, o Roma Esporte Apucarana completou 10 anos da sua principal conquista: o título da Copa 100 Anos da FPF. O feito deu ao clube as vagas para o Campeonato Brasileiro da Série C de 2007 e a Copa do Brasil de 2008.

O título veio no empate de 1 a 1 com o Coritiba no dia 26 de novembro de 2006, no Estádio Bom Jesus da Lapa, hoje com o nome de Olímpio Barreto.
O zagueiro Vagner abriu o placar para o time coxa-branca, enquanto o lateral-esquerdo Guaru empatou para o Roma, ambos os gols marcados no primeiro tempo.

Após o apito final da partida, jogadores, integrantes da comissão técnica, diretoria e torcedores fizeram a festa no gramado do estádio, comemoração que se estendeu até a Praça Rui Barbosa com desfile num caminhão do Corpo de Bombeiros. A festa terminou na madrugada de segunda-feira com o elenco comemorando o título na Boate Societtá, no Shopping Centronorte.

Em 2006, o Roma, presidido por João Wilson Antonini, o Kiko (hoje fora do futebol), teve calendário o ano todo. No primeiro semestre disputou o Campeonato Paranaense, no meio do ano realizou uma excursão na Europa e no final da temporada participou da Copa 100 Anos da FPF, que reuniu 12 equipes, sendo quatro da Capital do Estado e oito do interior.
De Curitiba participaram Coritiba, Atlético-PR e Paraná, com os seus times B, mais J. Malucelli, enquanto do interior competiram Roma, Londrina, Portuguesa Londrinense, Galo Maringá, Cianorte, Iraty, Toledo e Iguaçu, de União da Vitória.

As equipes jogaram entre si em turno único, com o Roma somando 23 pontos e ficando com o título. A campanha do campeão teve sete vitórias, dois empates e apenas duas derrotas. O Iraty , com 22 pontos, foi o vice-campeão.
Com uma equipe mesclada de jovens e experientes jogadores e com o comando de Claudemir Sturion, ex-jogador da Platinense, Cascavel, Londrina e Apucarana nos anos 80 e 90, o Roma venceu as equipes do J. Malucelli, Toledo, Galo Maringá, Portuguesa, Iguaçu, Paraná Clube e Cianorte, empatou com Londrina e Coritiba, perdendo para Iraty e Atllético-PR.

Sturion, que atualmente está sem clube e hoje mora em Santo Antônio da Platina, manteve oito atletas que disputaram o Paranaense de 2006: o goleiro Reinaldo, os zagueiros Carlão e Fábio Cuiabá, o lateral-esquerdo Guaru, os volantes Alexandre Pitbull e Samuel e os atacantes Baiano e Felipe.
Para a disputa da Copa 100 Anos foram contratados 13 jogadores, os goleiros Alexandre e Diego, o lateral-direito Elvis, os zagueiros João Carlos e Daniel, os volantes Kullmann e Carlos Renato, os meias Márcio Granada, Edinho e Ítalo, e os atacantes Juliano, Clênio e Oliveira. O elenco foi completado por mais três juniores do clube: Fabiano, Henrique Miagui e Henrique Baiano.

Após a conquista do título, Sturion acabou não renovando contrato com o clube e foi substituído por Lio Evaristo, que comando o Roma no início do Campeonato Paranaense de 2007.

Fonte Tribuna do Norte - Raul Cesar dos Reis


divulgue o futebolparanaense.net facebook twitter Compartilhe



Enquete

O Coritiba acertou em renovar com o técnico Carpegiani?
Sim
Não



Total de votos: 938

Ver resultados parciais

Coloque as noticias do futebolparanaense.net no seu blog
Google+ FACEBOOK TWITTERRSS