Você está em: Página Inicial >> Noticias >> Atletico

Jogo em Goiânia é decisivo para WL

Jogo em Goiânia é decisivo para WL - Jogo em Goiânia pode ser o último de Waldemar Lemos no Atlético Foto:Geraldo Bubniak
Jogo em Goiânia pode ser o último de Waldemar Lemos no Atlético Foto:Geraldo Bubniak

O jogo contra o Goiás é decisivo para a continuação do técnico Waldemar Lemos, no comando atleticano. Uma nova derrota no Campeonato Brasileiro será fatal para o treinador,que tem o seu trabalho contestado por torcedores,imprensa e conselheiros do clube da Baixada.

E para aumentar a desconfiança no trabalho de Waldemar Lemos, o presidente Marcos Malucelli afirmou durante a semana que só os resultados positivos garantiram a sua permanência. “Todo treinador corre risco. Gostaria que contratássemos o treinador em janeiro, ele fizesse a pré-temporada e ficasse o ano todo. Mas nem sempre é possível. Não posso dizer que a vida do Waldemar será eterna aqui e tão pouco que o contrato será cumprido até dezembro. De nossa parte, por enquanto ele está no cargo, mas isso tudo depende de vitória”, disse Malucell, em entrevista ao jornal Gazeta do Povo, na edição de terça-feira.

Questionado sobre a opinião do dirigente, Lemos preferiu não polemizar. “Cada um tem a sua opinião. Eu acredito no meu trabalho e se não está dando certo, tenha a certeza que a culpa não é minha”, relatou o treinador.

Quanto ao time, o lateral Raul será a grande novidade O jogador foi campeão com a Seleção Brasileira Sub-20 na Venezuela e seguiu direto para a capital goiana. A opção de colocar Raul no grupo deve-se principalmente ao veto do Departamento Médico para Nei, que sentiu dores no joelho direito e sequer viajará para o Centro-Oeste. Outra baixa é o meio-campista Paulo Baier (pelo mesmo motivo). Lembrando que Rafael Miranda não joga devido ao terceiro amarelo e seu substituto será Zé Antônio.

Em compensação, o técnico Waldemar Lemos terá os retornos de Márcio Azevedo e Rhodolfo. Os dois cumpriram a automática na última rodada. Além deles, o zagueiro Antônio Carlos está recuperado de lesão e também viajou para Goiânia.

O Atlético é o 18º colocado, com 12 pontos ganhos e não vence há quatro rodadas.

Goiás: O técnico Hélio dos Anjos tem problemas para escalar o esmeraldino contra o Furacão. Três titulares foram vetados pelo Departamento Médico (Felipe, o volante Ramalho e o ala Vitor), e o treinador pode ganhar mais uma baixa. O atacante Iarley não treinou na terça e só vai saber se terá condições de jogo minutos antes da partida. Outra ausência é o zagueiro Valmir Lucas, por estar suspenso pelo terceiro amarelo.

Em compensação, o zagueiro Rafael Toloi e o lateral-direito Douglas voltaram da Seleção Brasileira sub-20 e podem ser aproveitados.

Com 23 pontos, o Goiás é o sexto colocado e aposta na torcida para avançar na tabela. A diretoria alviverde faz promoção para aumentar a média de público (8 mil) e receber mais de 20 mil pessoas no Serra Dourada.
”Nosso desejo é ter pelo menos 20 mil pessoas. A fase é boa e o torcedor tem de nos ajudar", disse o presidente Syd de Oliveira, ao site oficial do clube.

Ficha Técnica: Goiás x Atlético
Local: estádio Serra Dourada, em Goiânia
Data: 29/07/2009 (quarta-feira)
Horário: às 21h
Árbitro: Devarly Lira do Rosário/ES
Auxiliares: Ednílson Corona/SP (FIFA) e Marcos Antônio Moreira Collodetti/ES;


Goiás: Harlei; Ernando, Leandro Euzébio e João Paulo (Rafael Toloi); Gomes (Douglas), Amaral, Fernando, Léo Lima, Felipe Menezes e Julio Cesar; Iarley (Bruno Meneghel).
Técnico: Hélio dos Anjos

Atlético: Galatto; Rhodolfo, Rafael Santos e Antônio Carlos; Raul, Valencia, Zé Antônio, Marcinho e Márcio Azevedo; Alex Mineiro e Wesley.



divulgue o futebolparanaense.net facebook twitter Compartilhe

Enquete

Você concorda com a utilização de times alternativos pelos grandes no Campeonato Paranaense?
Sim
Não



Total de votos: 140

Ver resultados parciais

Coloque as noticias do futebolparanaense.net no seu blog
Google+ FACEBOOK TWITTERRSS