Você está em: Página Inicial >> Noticias >> Arapongas

Presidente do Arapongas confirma Ação no TJD

Presidente do Arapongas confirma Ação no TJD -

Em nota divulgada a imprensa o presidente do Arapongas Esporte Clube confirmou Ação no TJD para que o jogo contra AFA/Foz do Iguaçu seja considerado Wx0

O Arapongas Esporte Clube entrou com ação ordinária no TJD-Pr, pedindo providências do Tribunal em relação aos prejuízos causados pela escalação de jogadores não inscritos pelo AFA/FOZ no jogo contra o próprio Arapongas na última rodada da competição. Já na sexta-feira (31/07), o advogado do Clube em Curitiba, Nixon Alexsandro Fiori ingressou com Medida Cautelar no TJD para que fosse averiguada toda a documentação dos Atletas do AFA para que não fossem escalados jogadores irregulares perante a inscrição do campeonato, pois havia informação que a maioria dos jogadores do AFA já tinham sido dispensados e que o time não entraria em Campo, mas para evitar mais um “WxO”, seriam escalados jogadores não inscritos, fato que se concretizou.

Na última quarta-feira (05/08), o Clube entrou com ação ordinária pedindo para que o TJD reconheça o enorme prejuízo sofrido pelo Arapongas Esporte Clube, devido aos fatos que se concretizaram em Foz do Iguaçu, neste caso, solicitando que não seja realizado arbitral tanto para a primeira divisão como para a divisão de acesso 2010, citação da Federação Paranaense de Futebol como organizadora da Divisão de Acesso e que o jogo AFA x Arapongas seja declarado WxO provocado pelo AFA, neste caso mudando a classificação final da Divisão de acesso 2009, como prevê o regulamento da competição.

O posicionamento do Arapongas Esporte Clube se deve aos grandes investimentos feitos para a prática do Futebol Profissional na Cidade, sendo assim o Clube entende que nenhum integrante da Divisão de Acesso como de qualquer outra Divisão pode ser prejudicado por entidades que não tem condições para entrar em competições profissionais, onde a definição dos resultados deve ficar estritamente dentro de campo.

Com esse posicionamento o Arapongas alerta também para a possibilidade de uma prática anti-desportiva em futuras competições, pois um Clube pode dispensar seus jogadores profissionais e escalar “qualquer” atleta, prejudicando todos os demais participantes da competição em disputa.

Fonte: Assessoria de Imprensa - Reinaldo Furlan


divulgue o futebolparanaense.net facebook twitter Compartilhe



Enquete

O Coritiba acertou em renovar com o técnico Carpegiani?
Sim
Não



Total de votos: 938

Ver resultados parciais

Coloque as noticias do futebolparanaense.net no seu blog
Google+ FACEBOOK TWITTERRSS